Desenvolvedor de aplicativos – 7 passos para se tornar um

Várias pessoas possuem o desejo de ser um desenvolvedor de aplicativos mas não sabem como entrar no mercado.

Seja por causa do desafio de resolver problemas complexos (e bota complexo nisso), por conta da crise (há muitas vagas na área ainda não preenchidas por falta de qualificação dos candidatos mesmo com a situação atual) ou para desenvolver um aplicativo que possibilita um novo modelo de negócios (como o Waze, Uber, etc.).

E você, gostaria de ser um desenvolvedor de aplicativos?

Vou listar agora os principais pontos para que você possa se tornar um desenvolvedor, aqueles passos essenciais para você começar a desenvolver apps com o pé direito!

 

Computador

Ter seu próprio computador é pré-requisito para se tornar um desenvolvedor de aplicativos.

Não dá para desenvolver software na lan house, né? Afinal precisaremos instalar vários softwares, alterar configurações, etc.

E ele precisa ter uma configuração acima da média, pois além de instalar todo o ambiente de desenvolvimento, frequentemente precisamos executar servidor web, servidor de banco de dados, emuladores de smartphones e outros programas tudo ao mesmo tempo.

Verifique também se o processador tem tecnologia que suporta o Hyper-V. Intel VT (caso o processador seja Intel ) ou AMD-V (se o processador for AMD). Com ele poderemos utilizar emuladores para testar nossos apps.

Outro ponto a ser levado em conta é a configuração recomendada para a instalação do Visual Studio, a IDE da Microsoft que utilizaremos. Veja aqui qual é a configuração recomendada para sua instalação.

Resumindo, compre a melhor máquina que seu bolso permitir.

 

Windows 10

Para desenvolver aplicativos para Windows 10, precisamos que nossa máquina também venha com o Windows 10 instalado.

E uma atenção especial neste item. A grande maioria dos computadores vendidos no mercado vêm com a versão Single Language do Windows pré instalado. O problema é que esta versão do Windows não tem suporte ao Hyper-V, que é necessário para executar os emuladores do Windows 10 Mobile. Para isso, precisamos da versão Pro do Windows.

O Hyper-V é uma tecnologia de virtualização, ou seja, permite a instalação e uso simultaneamente mais de um sistema operacional na mesma máquina.

Virtualização e Hyper-V serão assuntos para outros posts. O que você precisa saber no momento é que os emuladores de Windows 10 são executados sobre máquinas virtuais e estas máquinas só rodam em Windows 10 Pro. Eu não preciso de emuladores para desenvolver apps, mas aí você precisará de um device físico para testar seu app.

 

Conexão com a internet

Hoje em dia não conseguimos fazer nada sem internet, não é mesmo?

E para ser um desenvolvedor de aplicativos é a mesma coisa. Precisaremos da internet para instalar os softwares necessários e posteriormente para atualizá-los.

Sem falar no NuGet, um gerenciador de bibliotecas open source para a plataforma .NET.

Você pode utilizar bibliotecas de terceiros que resolvem determinados problemas sem precisar ficar “reinventando a roda”. E através do NuGet, garantir que todas as bibliotecas estão atualizadas em suas versões corretas, evitando erros de referência em seus projetos.

Se você nunca ouviu falar de NuGet, fique tranquilo que vamos conhece-lo em detalhes num próximo artigo.

Sem falar na hora de tirar alguma dúvida. “Não lembro direito da sintaxe daquele comando…”, “Quais parâmetros eu posso enviar para aquele método?”, “Como faço para alterar determinada propriedade?”. Estes tipos de dúvidas (e muitas outras) são muito frequentes em nosso dia a dia e com a internet podemos consultar documentações oficiais e códigos que servem de exemplo para nossos códigos.

Antigamente (e nem faz muito tempo) essa documentação de ajuda vinha gravada em CDs e tínhamos que instalar todo esse material de consulta em nossas máquinas. Além de ocupar espaço em nossos computadores, ficávamos limitados a aquele conteúdo e para atualizar a informação só instalando uma versão mais nova.

 

Visual Studio

Se você conseguiu uma máquina com uma configuração igual ou maior que a recomendada para a instalação do Visual Studio, então é só instalar!

No site www.visualstudio.com você pode conhecer suas versões e fazer o download do instalador.

O Visual Studio tem várias versões disponíveis:

  • Community: gratuito para desenvolvedores individuais e equipes de até 5 desenvolvedores de pequenas empresas.
  • Professional: versão paga para pequenas empresas e que dá direito a alguns benefícios a mais que a versão Community, como crédito mensal no Azure e licença do Team Foundation Server.
  • Enterprise: esta versão também é paga e ideal para grandes empresas. Inclui algumas extensões corporativas, mais créditos mensais no Azure, entre outros benefícios.

Mais detalhes aqui.

Minha sugestão é que você instale a versão Community. Primeiro, por ser gratuita. Segundo, porque os itens a mais das outras versões não serão utilizadas neste momento, em que estamos começando a aprender a desenvolver software.

 

Estudar

Os fundamentos, conceitos e melhores práticas são muito importantes no desenvolvimento de um software. Portanto é importante estudá-los muito bem.

Sem isso você produzirá código desnecessário (fazer operações sem necessidade, por exemplo), ilegível (outro desenvolvedor não consegue entender o que você quis fazer) e difícil de manter (fazer uma alteração ou correção leva muito mais tempo que deveria).

Perdi a conta de quantas vezes abri um código para dar manutenção e vi muitos problemas de conceitos… trinta linhas de código que poderiam ser substituídos por três linhas! E o pior de tudo é que ainda tinha erro nele.

Em outra ocasião encontramos um erro numa operação matemática. Havia diferença na terceira ou quarta casa decimal entre o resultado que o sistema mostrava no relatório e o resultado feito numa calculadora ou no Excel. Depois de muito bater cabeça, vimos que estávamos chamando um método de uma biblioteca externa (feito por terceiros) para efetuar a conta e lá existia mais um parâmetro a ser passado. Foi só enviar mais este parâmetro e os resultados foram corrigidos. Se tivéssemos estudado a documentação da biblioteca antes, teríamos descoberto o problema sem perder tanto tempo.

 

Treino, muito treino

Um corredor de 100 metros rasos precisa treinar diariamente se quiser virar profissional. E se quiser ganhar uma medalha na olimpíada, tem que treinar muito mais!

Com desenvolvimento de software é a mesma coisa. Quanto mais você programar, quanto mais problemas resolver, melhor você fica.

Sua visão se abre a outros assuntos que te ajudam a ser um programador melhor.

Apesar de ser um desenvolvedor, já aprendi muita coisa de configuração de redes e servidores no momento de colocar um sistema em produção. Isso não me faz um especialista em infra estrutura (longe disso), mas me ajuda bastante quando estou programando. Consigo antecipar alguns problemas que poderiam surgir somente no momento de implantar o sistema.

 

Manter-se atualizado

Estudar e aprender os conceitos e fundamentos da arte de programar é muito importante, mas se manter atualizado também é.

Frequentemente temos notícias sobre atualizações e evoluções que estão sendo desenvolvidas para o framework, novas ferramentas para nos auxiliar no processo de desenvolvimento, bibliotecas que facilitam tarefas, etc.

Visitar sites especializados em desenvolvimento de software e participar de grupos de discussão são algumas maneiras de se manter atualizado.

E não fique restrito na plataforma que escolheu para trabalhar. Sempre fique atento ao mercado como um todo. Não precisa virar um programador Java, mas saiba o que está acontecendo neste mundo também.

 

Palavras finais

Se você conseguiu chegar até aqui, parabéns!

Já deu para perceber que ser um desenvolvedor de aplicativos qualificado é muito mais que comprar uma máquina cara e saber as estruturas básicas da programação. É muito estudo, treino e dedicação para que consigamos resolver problemas através de um sistema do modo mais eficiente.

Programadores encontramos as pencas por aí. Mas desenvolvedores, aqueles que conhecem além da programação, são poucos. E para estes desenvolvedores completos, que programam e ainda tem uma visão de todo o processo de desenvolvimento, existem muitas oportunidades no mercado.

E se você quiser embarcar nessa, lhe convido a se cadastrar na lista VIP do Celso. Assim, sempre que tiver novidades aqui ou em outro canal meu você ficará sabendo em primeira mão.

Bora transformar o mundo?

Comece pelo e-book GRATUITO

5 Passos Para Ser Um App Dev

Se você não sabe por onde começar, este e-book te mostra os passos para ser um desenvolvedor de aplicativos de sucesso.
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!