Como ganhar dinheiro desenvolvendo aplicativos?
Você aprende como programar em uma linguagem de programação, como utilizar uma IDE, aprende todo o processo de desenvolvimento de um aplicativo, como acessar uma base de dados, como acessar serviços na nuvem e…
E agora?
Como faço para ganhar dinheiro desenvolvendo aplicativos?
Existem várias maneiras, todas elas com vantagens e desvantagens.
É isso que veremos neste artigo.

Lojas de aplicativos

Os aplicativos para pessoa física são principalmente aqueles vendidos nas lojas de aplicativos. As maiores lojas são:

App StoreAppStore Logo

A primeira loja de aplicativos deste modelo. Foi lançado pela Apple em 2008, junto com o iPhone 3G.
O cadastro de desenvolvedor custa U$ 99,00 anuais e a loja fica com 30% da receita.
É a loja que mais demora para aprovar um aplicativo para venda. Se prepare.

Google PlayGoogle Play Logo

O Google lançou sua loja de aplicativos em 2012 (como Android Market), atualmente é a maior de todas, com mais de 1.500.000 de aplicativos.
Custa U$ 25,00 em pagamento único. A loja fica com 30% da receita.

Windows Store

Depois do lançamento dos aplicativos UWP (Universal Windows Platform) as lojas de aplicativos desktop e aplicativos móveis foram unificadas em uma única loja, a Windows Store.
Custa U$ 19,00 em pagamento único e a loja também fica com 30% da receita.

Amazon App Store

A Amazon também tem uma loja de aplicativos para Android, desktop (Mac e Windows) e outros que pode ser acessada através de um app disponível no Google Play.
A licença de desenvolvedor é gratuita e a Amazon fica com 30% das vendas.
Nelas você pode disponibilizar seu aplicativo para venda direta ao público. A receita por venda é menor, mas a possibilidade de você ter um volume bem grande de vendas/downloads é maior. Porém isto significa também mais suporte, pois você terá inúmeros usuários.
Entre as vantagens temos o fato das lojas aceitarem várias formas de pagamento e ser responsável pelo seu processamento. Ou seja, não precisamos nos preocupar em “cobrar” o cliente ou contratar meios de pagamento.

Como ganhar dinheiro desenvolvendo aplicativos para lojas?

Vender o aplicativo

Você define um preço pelo aplicativo. Como as lojas são globais, você não precisa se preocupar com a moeda, a loja automaticamente converte o preço e recebe nesta mesma moeda. E você recebe em dólares americanos (todas as lojas estão sediadas nos Estados Unidos).
Estatisticamente vende menos que as outras modalidades, pois o usuário gosta de experimentar antes de comprar um aplicativo.

Anúncios

É possível exibir anúncios dentro do seu aplicativo. Cada sistema operacional (iOS, Android, Windows) tem seu SDK próprio de gerenciamento de anúncios.
São banners exibidos dentro das telas do aplicativo. Pagam bem pouco por exibição e você precisa ter muitas impressões do anúncio para ganhar um montante bom.

Fazer avaliações gratuitas

Também conhecido como Freemium, nesta modalidade de venda você coloca o aplicativo gratuitamente na loja, porém com menos funcionalidades e/ou anúncios.
Para habilitar estas novas funcionalidades e/ou retirar os anúncios, o usuário deve obter a versão paga do aplicativo.
Uma ótima maneira de fazer seu aplicativo ficar mais conhecido.

Compras dentro do aplicativo (in app purchase)

Esta modalidade pode ser utilizada em conjunto com as anteriores.
As compras dentro do aplicativo são comuns em jogos, onde o jogo em si é gratuito e você pode comprar novas fases, itens ou facilidades dentro do aplicativo.
Imagine um jogo de corrida onde as novas pistas são desbloqueadas conforme você acumula pontos, ou você pode encurtar o acesso comprando um desbloqueio de pista.
A mesma coisa para novos carros, itens como pneus, motor, etc.

Assinaturas

Nesta modalidade o usuário paga periodicamente para poder utilizar o aplicativo.
Você pode configurar o período na própria loja.
Pode ser uma mensalidade, anuidade, etc.

Como ganhar dinheiro desenvolvendo aplicativos para empresas?

Você também pode ganhar dinheiro desenvolvendo aplicativos para empresas. Neste caso, a receita por venda é muito maior.
Caso a empresa queira exclusividade, podemos cobrar ainda mais dela. Afinal você irá desenvolver um aplicativo sob medida e ele será utilizado apenas por usuários autorizados pelo cliente.
Se não houver exigência de exclusividade, talvez possamos (com algumas adaptações) transformá-lo em um produto e vende-lo para outras empresas também. Por esse motivo, o valor desembolsado pela empresa pode ser menor.
Normalmente um aplicativo corporativo é maior e mais complexo que um aplicativo para loja, pois as necessidades do usuário são diferentes.
O escopo de desenvolvimento de aplicativos corporativos é bem extenso, por isso não quero esgotar o assunto neste artigo.
Vamos voltar a este assunto várias vezes ainda.
Fique ligado!

E para receber um aviso quando os próximos artigos forem publicados, se cadastre na lista VIP do Celso!

Comece pelo e-book GRATUITO

5 Passos Para Ser Um App Dev

Se você não sabe por onde começar, este e-book te mostra os passos para ser um desenvolvedor de aplicativos de sucesso.
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!