O Que É Computação Em Nuvem (Cloud Computing)?

Você também é da época pré internet? Quando nuvem era só aquilo que víamos no céu?

Pois é, o tempo passou, a internet chegou e estamos rodeados de nuvens digitais.

E sabia que você com certeza já fez uso de alguma delas?

Pois vamos ver neste artigo o que é computação em nuvem!

 

O Que É Computação Em Nuvem (Cloud Computing)?

A computação em nuvem (cloud computing) é a entrega de recursos de TI por meio de uma plataforma via Internet, com pagamento pelo uso.

Esteja você executando aplicativos que compartilham fotos com milhões de usuários móveis ou apoiando as operações críticas de seus negócios, uma plataforma de serviços em nuvem fornece acesso a recursos de TI flexíveis e de baixo custo.

Com a computação em nuvem, você não precisa fazer grandes investimentos em hardware e gastar tempo para gerenciar esse hardware. Em vez disso, você pode pegar o tipo e tamanho certos de recursos de computação necessários para dar vida a sua mais nova ideia ou tocar seu departamento de TI. Você pode acessar quantos recursos precisar, quase instantaneamente, pagando apenas pelo que usar.

A computação em nuvem fornece uma maneira simples de acessar servidores, armazenamento, bancos de dados e um amplo conjunto de serviços de aplicativos pela Internet. Uma plataforma de serviços em nuvem possui e mantém o hardware conectado à rede necessário para esses serviços de aplicativos, enquanto você provisiona e usa o que precisa através de um aplicativo Web.

 

Seis Vantagens Da Computação Em Nuvem

  • Despesa de capital por despesa variável – Em vez de investir pesadamente em data centers e servidores antes de saber como usá-los, você pode pagar apenas quando consumir recursos de computação e pagar apenas pelo quanto consome.
  • Enormes economias de escala – Ao usar a computação em nuvem, você tem um custo variável mais baixo do que se fosse por conta própria.
  • Parar de adivinhar a capacidade – Elimine a adivinhação nas necessidades de capacidade de infraestrutura. Acesse a quantidade ou a capacidade necessária e aumente e diminua conforme necessário com apenas alguns minutos de antecedência.
  • Aumente a velocidade e a agilidade – Redução do tempo para disponibilizar novos recursos para os desenvolvedores de semanas para apenas alguns minutos. Isso resulta em um aumento dramático na agilidade da organização, pois o custo e o tempo necessários para desenvolver são significativamente menores.
  • Economia na manutenção de data centers – A computação em nuvem permite que você se concentre em seus próprios clientes, e não no trabalho pesado manutenção de servidores e data centers.
  • Torne-se global em minutos – Implante facilmente seu aplicativo em várias regiões do mundo com apenas alguns cliques. Isso significa que você pode fornecer menor latência e uma melhor experiência para seus clientes a um custo mínimo.

 

Modelos De Computação Em Nuvem

 

Infraestrutura Como Serviço (Iaas)

A infraestrutura como serviço (IaaS) contém os blocos básicos de construção da TI na nuvem e geralmente fornece acesso a recursos de rede, computadores (virtuais ou em hardware dedicado) e espaço de armazenamento de dados. O IaaS fornece o mais alto nível de flexibilidade e controle de gerenciamento sobre seus recursos de TI e é mais semelhante aos recursos existentes de TI com os quais muitos departamentos e desenvolvedores de TI estão familiarizados atualmente.

 

Plataforma Como Serviço (Paas)

A plataforma como serviço (PaaS) remove a necessidade de sua organização gerenciar a infraestrutura subjacente (geralmente hardware e sistemas operacionais) e permite que você se concentre na implantação e gerenciamento de seus aplicativos. Isso ajuda você a ser mais eficiente, pois não precisa se preocupar com aquisição de recursos, planejamento de capacidade, manutenção de software, aplicação de patches ou qualquer outro trabalho pesado indiferenciado envolvido na execução de seu aplicativo.

 

Software Como Serviço (Saas)

O Software como Serviço (SaaS) fornece um produto completo que é executado e gerenciado pelo provedor de serviços. Na maioria dos casos, as pessoas que se referem ao software como um Serviço estão se referindo a aplicativos do usuário final. Com uma oferta SaaS, você não precisa pensar em como o serviço é mantido ou como a infraestrutura subjacente é gerenciada; você só precisa pensar em como usará esse software específico. Um exemplo comum de um aplicativo SaaS é o e-mail baseado na Web, que você pode usar para enviar e receber e-mails sem precisar gerenciar adições de recursos no produto de e-mail ou manter os servidores e sistemas operacionais nos quais o programa de e-mail está sendo executado.

 

E para receber um aviso quando os próximos artigos forem publicados, se cadastre na Grupo VIP App Dev!

Comece pelo e-book GRATUITO

5 Passos Para Ser Um App Dev

Se você não sabe por onde começar, este e-book te mostra os passos para ser um desenvolvedor de aplicativos de sucesso.
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!