Universal Windows Platform – O que é?

A grande novidade do Windows 8 foi o WinRT (Windows Run Time), uma versão do Windows que era executado em chips com arquitetura ARM.

Para aqueles que não sabem, o Windows sempre foi projetado para ser executado em chips com arquitetura Intel (x86), o padrão utilizado em desktops.

Porém os smartphones e tablets da época utilizavam processadores ARM, ou seja, o código do Windows não era compatível.

Por isso o WinRT foi desenvolvido e seu lançamento foi junto com o Windows 8. Mas o código de seus aplicativos não era compatível com a versão 8 do Windows Phone. Isso significava que o desenvolvedor que queria disponibilizar seu aplicativo para smartphones/tablets e desktops com Windows deveria fazer duas versões do mesmo app, uma para cada versão do Windows.

Quando a versão 8.1 do Windows e Windows Phone foi lançado houve um alinhamento do WinRT e a partir de então parte do código-fonte do aplicativo poderia ser compartilhado entre as versões de um mesmo aplicativo.

 

O que é o Universal Windows Platform?

Com o lançamento do Windows 10 a Microsoft anunciou a Universal Windows Platform. A partir de agora o Windows que roda no desktop tem o mesmo código-base do Windows que roda no desktop e no Xbox One, ou seja, uma arquitetura de aplicativo comum.

Isso significa que existe um núcleo de código comum a todos os dispositivos Windows e partes específicas para cada tipo (ou família) de dispositivo.

Outra grande mudança nesta nova versão do Windows foi a unificação das lojas de aplicativos. Agora ela se chama apenas Windows Store e distribui, além dos aplicativos atuais, os aplicativos Universais, que podem ser instalados em vários aparelhos diferentes. Você o adquire apenas uma vez e pode instalar no seu desktop, tablet, smartphone…

Então você, desenvolvedor, pode criar um pacote único do aplicativo que pode ser instalado em vários tipos de dispositivos diferentes utilizando um canal de distribuição unificado, que é a nova Windows Store.

 

Universal Windows Platform

Imagem: Microsoft

 

Família de dispositivos

Um aplicativo universal é um aplicativo que tem a possibilidade de ser executado em qualquer dispositivo com Windows 10:

  • Dispositivos móveis: smartphones, phablets.
  • Desktop: Tablets, notebooks, computadores.
  • Dispositivos de equipe: Surface Hub.
  • Dispositivos IoT: vestíveis, eletrodomésticos.

Quando você for desenvolver seu aplicativo universal, não direciona ele para um dispositivo específico, e sim para uma família. Assim você poderá escolher se ele será executado em uma ou mais famílias de dispositivos. Veja abaixo a hierarquia de família de dispositivos.

 

Hierarquia de família de dispositivos

Imagem: Microsoft

 

Uma família de dispositivos é um conjunto de APIs que têm um nome e número de versão.

Se você escolher a família móvel, por exemplo, seu aplicativo poderá ser executado em qualquer smartphone ou dispositivo móvel com Windows 10.

 

Interface do usuário

Se criar um aplicativo que possa ser bem executado em todo dispositivo móvel já é um desafio, imagine criar um aplicativo que ofereça uma ótima experiência de uso sendo executado em dispositivos com os mais diferentes tamanhos e entradas de dados?

Fazer este tipo de aplicativo requer algumas considerações adicionais de design e planejamento. Mas a Universal Windows Platform oferece um conjunto de recursos internos e blocos de construção que fazem este trabalho ser muito mais fácil que você imagina.

Veja um exemplo de um aplicativo de chamadas em vídeo sendo executado em um notebook:

Como interagimos com ele através de um mouse, o botão de encerrar chamadas pode ficar numa fila, junto com os demais botões.

 

Aplicativo exemplo em notebook

Imagem: Microsoft

 

E quando este mesmo aplicativo for executado em um smartphone, onde utilizamos uma interface de toque?

Podemos colocar o botão de encerrar chamada mais em evidência para podermos utiliza-lo melhor com uma só mão, como na imagem abaixo:

 

Aplicativo exemplo em smartphone

Imagem: Microsoft

 

Em resumo, com o Universal Windows Platform temos:

Único sistema operacional

Único núcleo Windows para todos os dispositivos

Única plataforma de Aplicativos

Aplicativos executam através de toda a família de dispositivos

Central de Desenvolvedor único

Único fluxo de envio e dashboard

Uma única loja

Alcance global, monetização local
Consumidores, Corporativo e Acadêmico

 

Este foi apenas uma introdução ao que vamos ver ao longo dos artigos sobre desenvolvimento para Windows 10. Posso me aprofundar neste assunto de arquitetura do Windows 10 e outras versões, caso seja do seu interesse. Mande seu comentário/sugestão, ok?

E não se esqueça de se cadastrar na Lista VIP do Celso para ficar sabendo das novidades em meus canais.

 

Comece pelo e-book GRATUITO

5 Passos Para Ser Um App Dev

Se você não sabe por onde começar, este e-book te mostra os passos para ser um desenvolvedor de aplicativos de sucesso.
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!