O Que É Design Situacional?

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por Celso Kitamura
em 26 de março de 2021

Entre para o Grupo VIP e fique sabendo antes das novidades

Junte-se à nossa comunidade de App Devs que estão transformando o mundo

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

O Que É Design Situacional?

Criar um aplicativo de voz é diferente de desenvolver para web ou para dispositivos móveis.

 

Nesse artigo eu vou te mostrar o que é design situacional, porque voz não é tela.

 

Vamos conversar sobre design situacional, um método voice-first para projetar uma interface de usuário de voz.

 

O Que É Design Situacional?

 

Não podemos simplesmente adicionar voz ao nosso aplicativo e chamá-lo de aplicativo de voz. Precisamos reimaginar toda a experiência de uma perspectiva voice first (voz em primeiro lugar).

 

Existem diferenças sutis, mas cruciais, a serem consideradas. O framework do design situacional descreve quatro padrões que são exclusivos para interações voice first (voz em primeiro lugar).

 

1. Seja Adaptável

 

Ao criar experiências para celular ou web, você apresenta uma interface de usuário única para todos os usuários.

 

Nas interações voice first (voz em primeiro lugar), não há tela de opções para o usuário encontrar um botão rotulado com “OK” para orientá-lo. Os usuários não têm essa orientação de navegação.

 

A função OK ainda existe, mas é chamada de intenção (intent) – o que o usuário deseja realizar.

 

Quando falamos, provavelmente não diremos “OK” sempre. Em vez disso, podemos dizer “próximo”, “sim”, “parece bom”, “entendi”, “entendido” e assim por diante.

 

Na voz, essas frases são chamadas de enunciados e uma interface conversacional acomodará todas essas respostas.

 

A tecnologia deve se curvar para o usuário. Isso porque todos nós temos nosso estilo único de fala e, sem diretrizes visuais, nossas entradas variam muito.

 

Então, permita que os usuários usem suas próprias palavras.

 

Isso significa que uma IU que prioriza a voz precisa levar em conta os vários caminhos que um usuário pode chegar ao mesmo destino.

 

2. Seja Pessoal

 

É importante criar uma experiência pessoal para os usuários, independentemente do seu formato.

 

Nas interações de voz, além do conteúdo pessoal, a própria interação deve ser personalizada.

 

Isso ocorre porque uma interação única para todos os usuários, mesmo com conteúdo dinâmico, parecerá robótica e artificial. As interações voice first (voz em primeiro lugar) devem oferecer um design mais rico. Eles devem ser previsíveis, mas variados e agradáveis.

 

Por exemplo, podemos cumprimentar o usuário com uma saudação aleatória. Em vez de dizer “Olá” todas as vezes, você pode dizer “Olá”, “Bem-vindo de volta”, “Feliz sexta-feira”, “Como vai?” e assim por diante, dependendo do tom que desejamos definir.

 

Portanto, individualize toda a sua interação.

 

3. Esteja Disponível

 

Quando projetamos para a tela, é importante determinar o que é mostrado no nível superior e o que é organizado em menus. Isso ocorre porque a tela é limitada pelo seu tamanho.

 

Com as interfaces de voz, é o contrário. Menus hierárquicos não ajudam o usuário.

 

Eles restringem o que os usuários podem fazer no momento e adicionam carga cognitiva para descobrir como a experiência é organizada.

 

Para permitir interações conversacionais e de forma livre, as interfaces de usuário voice first (voz em primeiro lugar) exigem uma disposição diferente de seus recursos, com todas as opções disponíveis apresentadas no nível superior.

 

Embora os menus adicionem profundidade às GUIs, eles produzem atrito nas interfaces de usuário que priorizam a voz. Em vez disso, as interações de voz devem oferecer sua experiência no nível superior – sem a necessidade de aprender sua arquitetura de informações.

 

Então, reduza seus menus e mova todas as opções para o primeiro nível.

 

4. Seja Identificável

 

Uma boa GUI é aquela que se apresenta claramente de uma forma compreensível e utilizável.

 

Uma boa IU com prioridade de voz é cooperativa porque as conversas são cooperativas. Os participantes de uma conversa cooperam para alcançar fins conversacionais mútuos. Em outras palavras, ambos os participantes olham além das declarações explícitas para explorar o significado implícito a fim de ajudar a avançar a conversa.

 

Vamos ver um exemplo. Se o usuário disser: “Gostaria de ter um cachorro gigante”, a VUI pode responder com: “Tenho várias raças de cães grandes em mente. Você prefere um cão de família ou cão de guarda?”

 

Essa resposta indica uma confirmação implícita de que “gigante” foi compreendido. A resposta também faz uma pergunta progressiva na tentativa de ajudar o usuário a restringir as opções.

 

Além disso, a experiência de voz em primeiro lugar deve levar em conta as situações em que o usuário responde ou responde uma pergunta diferente.

 

Por exemplo, se perguntarmos “Para onde você gostaria de ir?” e a resposta é “Eu gostaria de ir para Brotas andar de caiaque” ou mesmo “andar de caiaque”, o próximo prompt não deve ser: “O que você gostaria de fazer lá?” O usuário já indicou “canoagem” como atividade.

 

Portanto, converse com eles, não para eles.

 

Palavras Finais

 

Vimos o que é design situacional e seus quatro princípios de design.

 

Eles são fundamentais para interações voice first (voz em primeiro lugar) ricas e atraentes.

 

Estamos no início da revolução de voz. Junte-se aos pioneiros que estão redefinindo a maneira como as pessoas interagem com a tecnologia utilizando a voz. Ajude a comunidade e a indústria a descobrir os padrões de design que moldarão as interações de conversação.

 

Comece a criar agora e ajude a moldar a IU do futuro.

 

Meu e-book com 5 passos para desenvolver skills Alexa está GRATUITO por tempo limitado!

Olha o link: 👉🏼 https://celsokitamura.com.br/ebook-gratis-alexa

Bora aprender a desenvolver skills para Alexa!

 

Compartilhe agora mesmo:

Comece pelo e-book GRATUITO (Por Tempo Limitado)

5 Passos Para Desenvolver Alexa Skills

Se você não sabe por onde começar, este e-book te mostra os passos para ser um desenvolvedor de skills de sucesso.

QUERO CRIAR SKILLS PARA ALEXA!
100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Entre para o Grupo VIP e fique sabendo antes das novidades

Junte-se à nossa comunidade de App Devs que estão transformando o mundo

100% livre de spam.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro