Windows Store – O Que É?

A Windows Store é a loja de aplicativos, música e filmes para o sistema Windows, da Microsoft.

 

As primeiras versões de uma loja on-line para distribuição de software são de 2004, muito antes deste modelo que estamos acostumados hoje, onde desenvolvedores independentes podem criar um aplicativo e vende-los através da loja.

 

Neste artigo veremos:

  • As lojas on-line da Microsoft antes do Windows Phone;
  • O lançamento da Windows Phone Store no modelo de vendas de aplicativos;
  • A fusão de várias formas de distribuição de aplicativos, filmes, música, etc. em uma única loja.

 

Antes da Windows Store

 

Lançado em 2004, o Windows Marketplace vendia mais de 93.000 produtos, entre hardware e software (via download ou mídia física).

 

Em 2006 a loja foi redesenhada dando mais destaque aos softwares via download.

 

Foi a partir desta versão de loja que a Microsoft começou a vender o Windows (Vista) e Office através de downloads.

 

Eis que em fevereiro de 2009, durante a Mobile World Congress, a Microsoft anunciou a Windows Marketplace for Mobile, para aparelhos com Windows Mobile.

 

Esta versão da loja ficou no ar até 2010, quando a Microsoft anunciou sua nova geração de plataforma móvel, o Windows Phone. E em 2012 ela foi renomeada para Windows Phone Store.

Como surgiu a Windows Store?

 

Durante a Build Conference em setembro de 2011, a Microsoft anunciou a Windows Store, uma nova plataforma de distribuição de software para Windows 8 e Windows RT.

 

Esta loja pretendia ser o único canal de distribuição de aplicativos “estilo Metro”: aplicativos executados em sandboxes e estavam de acordo com as diretrizes de design da Microsoft utilizadas no próprio Windows 8.

Com o lançamento do Windows 10, uma nova Windows Store

 

A partir do lançamento do Windows 10, a Microsoft unificou todas a lojas de todas as plataformas.

 

Oferecendo aplicativos (inclusive jogos), música (Xbox Music virou Groove Música), filmes e séries (Xbox Video virou Filmes e TV), até extensões do novo navegador Edge.

 

E já começaram a distribuição de e-books nos Estados Unidos.

 

É também nesta versão da Windows Store que os aplicativos universais (UWP) estão disponíveis.

 

Ou seja, independente do aparelho (desktop, tablet, smartphone, Xbox…) todos acessam a mesma loja.

 

E uma vez que tenhamos comprado um aplicativo em uma tela, podemos instalar o mesmo em outros tipos de aparelhos, sem que para isso tenhamos que fazer o pagamento novamente.

 

Por exemplo, quando compramos um aplicativo para desktop, podemos instalar o mesmo aplicativo no tablet.

 

Palavras finais

 

  • A Microsoft começou com sua loja on-line de distribuição de software em 2004, bem antes do modelo quem conhecemos atualmente.
  • Com o lançamento do Windows 10, a Microsoft unificou todas as lojas, com aplicativos, jogos, música, filmes numa mesma plataforma, a Windows Store.
  • A partir desta versão, a loja começou a distribuir também os aplicativos universais (UWP).
  • Os aplicativos universais (UWP) são aqueles que podem ser executados em qualquer tela do Windows 10, seja ela desktop, tablete, smartphone, Xbox, Hololens, etc.
  • Podemos utilizar a Windows Store como canal de distribuição dos aplicativos universais (UWP) que desenvolvermos. A Microsoft cobra uma taxa de inscrição e 30% da receita com a venda.

 

Se cadastre na lista VIP do Celso para ser avisado quando os próximos artigos da série forem publicados.

Comece pelo e-book GRATUITO

5 Passos Para Ser Um App Dev

Se você não sabe por onde começar, este e-book te mostra os passos para ser um desenvolvedor de aplicativos de sucesso.
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!