Active Directory (AD) – O Que É?

Até pouco tempo atrás no mundo corporativo, você precisava de uma senha para entrar na rede, outra para e-mails, outra para o sistema corporativo, etc. Ou seja, para cada recurso que você utilizava era necessário um cadastro de usuário e senha.

 

O Active Directory surgiu desta necessidade de centralizar os recursos e seus acessos em um único diretório, fornecendo segurança e organização para uma rede de computadores.

 

 

O Que É O Active Directory?

 

O Active Directory (também conhecido pela sigla AD) é um software lançado em 2000 pela Microsoft junto com o Windows 2000 Server.

 

Ele utiliza o protocolo LDAP (Lightweight Directory Access Protocol – Protocolo Leve de Acesso a Diretório), que é o padrão de mercado para gerenciamento de informações de diretório distribuído por uma rede IP (Internet Protocol – Protocolo de Internet).

 

Sendo bem grosseiro, o Acitve Directory é um banco de dados que guarda informações dos usuários de uma organização (nome, login, senha, cargo, etc.)

 

Como Active Directory podemos usar um único diretório para controle de acesso a todos os recursos (sistemas e serviços) dentro de uma rede.

 

Principais recursos do AD:

  • Autenticação centralizada
  • Nível de segurança controlado
  • Facilidade de delegação de tarefas administrativas
  • Subdivisão de domínios em unidades lógicas
  • Manutenção facilitada de múltiplos domínios
  • E outras

 

 

Na Visão Do Usuário, Nada De Mais

 

Do ponto de vista do usuário final, o AD é “invisível”, pois ele efetua o logon na rede uma única vez e podem acessar todos os recursos da rede, sem precisar se autenticar novamente para cada recurso utilizado. Tudo é muito natural, o usuário não fica se perguntando o que tem por detrás de tudo.

 

 

Do Ponto De Vista Técnico, Um Grande Avanço

 

O Active Directory é considerado um avanço a evolução dos Sistemas Operacionais baseados na estrutura do Windows NT Server. Ele oferece um meio fácil de conceder e/ou remover privilégios de domínio e servidores da rede. É capaz também de gerir milhões de objetos dentro de um único domínio.

 

Ele centraliza todo o mecanismo de administração da rede. Prevê também tolerância a falhas e redundância quando 2 ou mais controladores de domínio são implantados, gerenciando automaticamente a comunicação entre eles. Garantindo assim que a rede continue a ser viável e confiável.

 

Todos os recursos da rede são protegidos por um mecanismo robusto de segurança que verifica a identidade dos usuários e seus privilégios a cada acesso (logon).

 

E para receber um aviso quando os próximos artigos forem publicados, se cadastre na Grupo VIP App Dev!

Comece pelo e-book GRATUITO

5 Passos Para Ser Um App Dev

Se você não sabe por onde começar, este e-book te mostra os passos para ser um desenvolvedor de aplicativos de sucesso.
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!